cristiano@dadoseideias.com.br

+55 67 984846267

A boa ideia sempre traz alento, traz calma e otimismo. E as pessoas que fogem deste perfil, as pessimistas, são consideradas feias emocionalmente. São corvos, sempre dispostos a por empecilhos, ver problemas e buscar dificuldades em nossas demandas. Além disso, se vem como pobres coitados, perseguidos, doentes ou impotentes diante do mundo e por fim, nos afastamos destas pessoas.

Não é sem motivo que tomamos distância. Relações interpessoais são feitas de interesses, e nossos interesses são de crescimento, de buscar novos horizontes e os “corvos” nada buscam. São limitados por seus pessimismo, falta de bom senso e tristeza. Enquanto estudamos para novos desafios, os “corvos” se preocupam com todas as barreiras que podem surgir, logo desistem e se puderem puxam quem está à sua volta.

Definido quem são os “corvos”, podemos facilmente definir quem queremos ser. Ser flexível é outra boa característica que demonstra otimismo, o radicalismo normalmente é uma forma de afastar as pessoas. Pessoas radicais são reducionistas, reduzem um planeta inteiro em frases como: Todo político é ladrão! – Ou – Nenhum homem presta! – Isto é reduzir 6 bilhões de pessoas em um preconceito.

Receber bons pensamentos, bons conselhos é ótimo, mas devemos fazer o mesmo. Não devemos nos deixar levar pela simples vontade de falar, devemos eliminar pensamentos ruins e sintonizar aquilo que há de bom e falar sobre isso. Ser porta-voz do que há de bom. Lembre-se: Os corvos são o arauto de tudo que há de ruim!

É um presente podermos imaginar ter o que queremos e agir como se tivéssemos, nos ajuda a atrair nossos desejos. Haja positivamente, pense positivamente e será positivo. Se fechar os olhos e pensar em algo bom, vai sentir a alegria invadir o seu corpo e trazer mais para perto seu desejo. É um passo simples para atrair o que se deseja.

As pessoas otimistas são consideradas emocionalmente belas. Por que se forem negativas, são tidas como feias. Seja otimista, queira o melhor e terá pessoas que desejam o melhor também. Haja “como se” e agindo assim, pensando assim, será o que quiser. Poderá chegar onde quiser, basta querer, de verdade.

E lembre-se: O limite é você quem faz!

6 respostas

  1. A todo momento estamos cercados de pessoas…
    Cabe a nós mesmos fazermos uma seleção daqueles que contribuem para o nosso crescimento. Quanto aos corvos devemos proceder de maneira que eles não tenham a importância de nos impedir de ir a frente dos nossos objetivos.
    Por incrível que pareça temos corvos na família ou até aqueles que torcem a nosso favor, mas desde que não fiquemos melhor do eles. É saber indentificar quem não quer o nosso sucesso e agir de maneira que não contemos nossos planos pra eles e sim que eles só presencie o nosso resultado positivo, o nosso sucesso…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.